sábado, 15 de setembro de 2018

COMPOTA DE ABÓBORA


Normalmente faço este doce a "olho”, a quantidade de abóbora é a que disponho de momento e a partir daí adiciono o açúcar até atingir a doçura pretendida e à medida que a compota vai engrossando, até atingir o “ponto-estrada”, se necessário adiciono um pouco mais..
Hoje como tinha uma abóbora com 12 quilos, preparei 4 quilos de compota e a restante abóbora congelei.

Para quem se está a iniciar em compotas, deixo aqui a receita tendo por base 1 quilo de abóbora.

Espero que experimentem.


Ingredientes
1kg de abóbora (limpa de casca e sementes)
750 g de açúcar
1 pau de canela Suldouro-Navires
 opcional: noz/ amêndoa qb



Preparação: 

Descasque a abóbora, limpe-a de sementes e corte-a aos pedaços pequenos. 
Coloque num tacho juntamente com o açúcar e o pau de canela. Leve a lume brando e vá mexendo. 
O tempo que deverá ficar em lume brando será de uma hora.
Decorrido o tempo indicado, deverá retirar um pouco para um prato e verificar com a colher de pau, se atingiu o “ponto-estrada”. Caso ainda não esteja neste ponto, deverá deixar mais uns minutos ao lume.
Por fim desligue, retire o pau de canela e ainda quente verta para frascos ( previamente esterilizados). 
Deve colocar a tampa e de imediato virá-los para baixo – isto irá ajudar na conservação  (cerca de 1 ano – fechados – 1 mês após abertura do frasco que deve manter no frigorífico.

Sugestão: Num dos frascos adicione ao doce noz partida aos bocados, noutro pode colocar algumas amêndoas picada.Terá assim três doces diferentes.












MUITO IMPORTANTE:
Tenha em atenção que a esterilização dos frascos ou boiões é muito importante para conservação do doce/compota – pois trata-se de uma compota caseira sem corantes, nem conservantes.

Parceiro nesta receita:


Suldouro-Navires

O melhor em especiarias,o melhor na preparação das suas
receitas.

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Arroz doce tradicional (versão 2)

Para adoçar a vossa semana e os gulosos cá de casa, preparei o meu arroz doce preferido e especial;  aquele que aprendi com a minha avó. No entanto hoje resolvi fazer uma pequena alteração e que resultou muito bem. 
Em vez de inicialmente colocar água para abrir o arroz, decidi fazê-lo com leite e apenas gastei 1Litro, menos o,5L do habitual.



Ingredientes:

300 g de arroz carolino Bom Sucesso
300 g de açúcar 
casca de limão
1 pau de canela e canela em pó q.b.  Suldouro-Navires
1 c. (de sopa) bem cheia de manteiga
1 pitada de sal
1 L de leite 
 4 gemas de ovo

Preparação:
Leve um tacho ao lume com leite, a casca de limão, o pau de canela, a manteiga e a pitada de sal. Quando começar a ferver junte o arroz e deixe cozinhar bem, em lume brando e mexendo  sempre, até o leite se evaporar. Vá acrescentando o leite aos poucos, mexendo sempre. O arroz começará a ganhar volume e notará que ficará bastante cremoso; isto é uma das grandes caracteristicas do carolino Bom Sucesso. 
Repita até esgotar o leite. Experimente e verifique se o arroz está bem cozido e só depois deve acrescentar o açúcar. 
Numa tigela, deite as gemas e retire do preparado umas colheradas. Junte, mexa bem para que as gemas não fiquem coalhadas. Depois verta para o tacho e mexa mais um pouco, para que as gemas fiquem bem incorporadas.
Ligue novamente o fogão por 3 minutos sempre a mexer e volte a desligar. 
Retire a casca do limão e o pau de canela. 
Deite para uma travessa larga, ou taças individuais,  polvilhe com a canela em pó da Suldouro-Navires, faça a decoração a seu gosto.

Para preparar o arroz doce usei o  carolino Bom Sucesso, um arroz mais volumoso e aveludado, que incha mais e cria mais goma que as outras variedades, o carolino é o tipo de arroz mais genuinamente português e o que melhor se adequa à nossa tradição gastronómica.

As suas características fazem com que absorva como nenhum, os aromas e sabores dos temperos e ingredientes com que é cozinhado.
É por isso o arroz ideal para a preparação de pratos tradicionais portugueses, entre outos o arroz doce.

O arroz doce foi aromatizado com um pau de canela da Suldouro - Navires e decorado com canela em pó também da mesma marca.
Suldouro-Navires está no mercado com uma grande variedade de especiarias.














Parceiros nesta receita, Bom Sucesso Arroz e Suldouro-Navires, duas marcas de confiança, sempre presentes na minha culinária. 










sábado, 1 de setembro de 2018

Delícia de leite condensado, bolacha e natas


Neste primeiro dia de Setembro, dia de muito calor, nada melhor que uma sobremesa bem fresquinha; uma delícia de leite condensado, bolacha e natas.
É uma sobremesa muito apreciada cá por casa. 
É de fácil  e rápida preparação.
Espero que experimentem.


Ingredientes:
6 ovos
2 dl de natas frescas
1 lata de leite ( usar a do leite condensado)
Café adoçado qb
1 pacote de bolacha tipo Maria
1 lata de leite condensado
4 colheres de sopa de açúcar


Preparação:

Separar as gemas das claras. Colocar as gemas num tacho, juntamente com o leite condensado, mexer bem, juntar uma lata de leite e misturar bem. Levar o preparado ao lume, mexendo sempre, até engrossar. Quando começar a ferver, já engrossou o suficiente. Desligue. Coloque o preparado amarelo no fundo de um pirex. Aconselho um pirex transparente, para que se veja bem as camadas do doce.
De seguida deve embeber as bolachas no café morno e colocar por cima do preparado.
Reserve 4 bolachas.
Depois, bater as claras em castelo e a meio junte 2 colheres de açúcar. A seguir bata as natas até ficarem em chantili e a meio junte o restante açúcar.
Por fim envolva as natas com as claras e cubra as bolachas, alisando. Coloque as restantes bolachas, embebidas no café morno,  por cima do preparado branco e termine com mais uma camada branca.
Para terminar esmigalhe as bolachas que reservou e polvilhe por cima.
Coloque 30 minutos no congelador e depois retire para o frigorifico, duas ou três horas, antes de servir.



Resta-me desejar a todos os meus seguidores um excelente fim de semana e um feliz mês de Setembro.



sábado, 18 de agosto de 2018

GRATINADO DE FRANGO COM MASSAS


Como sugestão  para domingo, trago uma saborosa massa "conchieglie" com frango gratinad0. 
Espero que apreciem, cá por casa todos gostaram.

Para elaborar esta receita, inspirei-me no livro“As melhores receitas do Ano" de Jamie Oliver., foram alterados ingredientes e quantidades.


Ingredientes:


 - 1 c. sopa de manteiga e mais um pouco para untar o tabuleiro
 - 350g de massa conchieglie (búzios)
- 1 fio generoso de azeite,  usei Transmontanos
- 2 alhos-franceses picados grosseiramente, usei mandolina da Borner
- 1 c. chá de alho moído, usei Suldouro-Navires
-   pimenta q.b., usei Suldouro-Navires
- 2 cubos de caldo de frango Knorr
- 100 ml de vinho branco,
 -150g de ervilhas congeladas,
-200 g de frango do campo
-150 ml de leite
- 150 g de ricota
- 100 g de parmesão ralado
- sal q.b.


 Preparação:

Coza o frango apenas com água e quando arrefecer desfie-o grosseiramente. Unte uma assadeira com manteiga e pré-aqueça o forno a 160ªC. Coza a massa apenas com sal, mas retire-a do lume 5mn depois de a água começar a ferver, escorra e passe por água fria para interromper a cozedura. Coloque a massa novamente no tacho e regue com um fio de azeite generoso.
À parte, numa frigideira coloque a manteiga e salteie o alho francês durante 10 minutos, depois junte o alho em pó e cozinhe até o alho francês ficar mole. Adicione o caldo Knorr desfeito e o vinho branco e deixe cozinhar durante 10 minutos, junte as ervilhas. Adicione a esta mistura o frango, o leite e metade do ricota, envolva no preparado a massa, envolva tudo muito bem.
Verta para uma assadeira, cubra com o parmesão e o restante ricota, leve ao forno durante 25 minutos ou até estar bem quente e começar a ficar estaladiço.




Parceiros desta receita:

Transmontanos  "Tia Gabriela", um azeite com um aroma intenso, ligeiramente picante e uma acidez de 0.04.

Conheçam melhor a marca em http://www.transmontanos.com/azeite.html
Suldouro-Navires, uma conceituada marca que tem à sua disposição, as melhores especiarias do mercado.
Conheçam melhor a marca em https://www.facebook.com/Suldouro-Navires-282742885189087/

Borner, o melhor cortador de legumes, o seu ajudante na cozinha
Adquira a sua mandolina em https://www.facebook.com/BornerPortugal/

Reparem como o alho francês foi cortado,em segundos.





Knorr, na sua cozinha, a combinação perfeita, para lhe dar um toque especial


Visite em http://www.knorr.pt/produto e veja todos os produtos que esta marca tem para lhe oferecer


Obrigado pela vossa visita.

sábado, 11 de agosto de 2018

BOLO DA MINHA INFÂNCIA

Hoje trago uma receita dum bolo muito simples e que me faz voltar à minha infância, pois era um bolo que a minha avó fazia. Um delicioso e aromatizado bolo de laranja e cenoura, com ingredientes básicos, que temos sempre na cozinha.
É rápido de preparar e sai sempre bem.
Espero que gostem e experimentem.


Ingredientes:

1 laranja grande 
1 cenoura grande ou 2 pequenas
150 ml de óleo
350 g de açúcar
300 r de farinha de trigo com fermento
3 ovos
1 colher (sopa) de fermento em pó




Preparação:

Comece por lavar a laranja e corte-a aos pedaços. Se tiver grainhas devem ser retiradas. Lave a cenoura e raspe-a com uma faca, corte-a aos pedaços. Coloque a laranja,  a cenoura e os ovos inteiros, no copo da liquidificadora e triture muito bem até fazer um batido espesso. Junte então o óleo e ligue de novo a liquidificadora até que se incorpore bem.

Depois verta o preparado numa taça e adicione o açúcar, envolvendo muito bem com uma vara de arames.
Acrescente a farinha e o fermento, previamente peneirados e vá envolvendo aos poucos, mas sem bater.
Pré-aqueça o forno a 170ºC.
Coloque a massa numa forma de buraco, previamente untada e polvilhada com farinha.
Leve ao forno durante 40 minutos em forno (elétrico), se for a gás deve experimentar com um palito antes de tirar.
Deixe arrefecer totalmente em cima de uma rede, antes de servir.









Parceiros nesta receita:

Loja das Tábuas  - onde pode encontrar lindas tábuas de servir e de cortar, bem como outros utensílios. Uma loja onde pode adquirir tábuas personalizadas, como a que apresento nas fotos.
Venha conhecer em https://www.facebook.com/lojadastabuas/






domingo, 5 de agosto de 2018

REFRESCO HORTELÃ E PHYSALIS

E quando o calor é exagerado e não conseguimos sentir-nos frescos, sabe bem preparar um refresco, que pode tomar em casa ou mesmo levar numa garrafa térmica para a praia (que é exactamente o que vou fazer)....



Ingredientes:

Água e cubos de gelo
Folhas de hortelã Aromáticas Vivas
Bagas de Physalis, estes da minha horta
Gotas de limão


Preparação:

Para que fique aromatizado rápidamente, ferva um pouco de água com as folhas de hortelã. Depois coloque o liquído num jarro, junte as physalis e as gotas de limão, acrescente água fresca e cubos de gelo.
O aroma do hortelã com o agridoce da physalis, torna este refresco único!!


Parceiro: Visitem a página do facebook e o site de Aromáticas Vivas

https://www.facebook.com/aromaticasvivas/

http://www.aromaticasvivas.com/



sábado, 28 de julho de 2018

PASTÉIS DE REQUEIJÃO E DOCE DE PÊRA

Hoje trago uma receita que costumo fazer com doce de abóbora, mas como não tinha, decidi experimentar com doce de pêra rocha e vinho do porto.
Resultou na perfeição, pois este doce é uma verdadeira delícia. Um doce entre as melhores combinações da pêra com o vinho do porto.
Espero que vos desperte a atenção e o experimentem.



Ingredientes:
1 frasco de doce ( usei de Pêra Rocha com vinho do Porto) da Quinta de Jugais
1 embalagem de massa filo ( 12 folhas)
400g de requeijão ( usei cottage cheese) da San Tonelli
300 g de margarina derretida
1 colher (cha) de canela em pó e paus de canela usei da Suldouro-Navires
Açúcar em pó para polvilhar

Preparação:
Ligue o forno a 180º C. Esmague muito bem o requeijão com um garfo, deite-o para uma tigela, junte o doce e a canela e misture bem.
Disponha uma folha de massa filo em cima da bancada, picele-a com margarina derretida, cubra com outra folha de massa, volte a pincelar com margarina derretida, cubra com mais uma folha e pincele de novo. Deite por cima uma colherada da mistura anterior, espalhe um pouco e com cuidado enrole, aperte as pontas para que fiquem bem fechadas e coloque num tabuleiro de forno.
Repita o processo até terminar a massa e a mistura. No final terá 4 rolos.
Depois leve ao forno até ficarem douradinhos e crocantes, cerca de 15/20 minutos. por fim, retire o tabuleiro do forno e deixe arrefecer um pouco, depois corte cada rolo ao meio. Polvilhe com açúcar e canela em pó e decore com paus de canela.





Parceiros nesta receita: 

Quinta de Jugais 


Dê um toque especial às suas sobremesas e delicie-se com sabores genuínos e costumes que importa preservar.

Leia mais em https://www.jugais.com/quem-somos








Suldouro-Navires


Com as especiarias da Suldoro, faça a diferença na sua mesa.

Leia mais em https://www.facebook.com/Suldouro-Navires-28274288518908




San Tonelli


Os produtos San Tonelli são produzidos utilizando as tecnologias mais avançadas e inovadoras para garantir a manutenção da qualidade e a originalidade dos alimentos.

Leia mais em http://www.santonelli.fvpfoods.com/











quinta-feira, 26 de julho de 2018

TORTA DE CENOURA COM CHOCOLATE

Hoje trago uma doce sugestão para o fim-de-semana que se aproxima.
Uma torta de cenoura com recheio de chocolate, uma combinação perfeita!! 
Posso garantir-vos que é de comer e chorar por mais. Não me canso de fazer esta torta, mas a receita não é minha, mas sim da minha  amiga Sara Patrão, mentora do blog  e página “Na Cozinha da Sara” 
Aceitem o meu convite e visitem esta fabulosa página, clique  aqui Na Cozinha da Sara
Acreditem que vale a pena serem seguidores…



 Ingredientes: 

600 gr. cenoura 
400 gr. açúcar 
4 ovos 
200 gr. farinha com fermento 
1 pitada de sal 
100 gr. chocolate para culinária 
4/5 colheres de sopa de leite açúcar q.b. 


Preparação: 

Descasque a cenoura e corte em pedaços grandes. Leve a cozer até ficar bem tenrinha. Escorra a água e passe com a varinha mágica. Ao puré de cenoura junte o açúcar, misture bem. Adicione os ovos um a um e bata bem entre cada adição. Junte a farinha peneirada e o sal. Envolva bem. Ligue o forno a 180º. Unte um tabuleiro com margarina, forre com papel vegetal e unte também o papel com margarina. Deite a massa na forma e leve a cozer durante cerca de 20 minutos. 
Derreta o chocolate: coloque-o partido em quadradinhos numa taça de vidro com o leite. Leve a aquecer durante alguns segundos no microondas, mexa e repita até estar bem homogéneo e cremoso. Se preferir, derreta o chocolate em banho maria. Desenforme a torta sobre um pano húmido polvilhado com açúcar. Cubra com o chocolate. Enrole cuidadosamente com a ajuda do pano. Deixe repousar dentro do pano até arrefecer completamente. 




Recomendo: